Atendimento (33) 3522-6677
18 de agosto de 2021

Na terça-feira (17/08) a Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Teófilo Otoni promoveu um café empresarial com empresários associados e convidados para uma explanação e orientações técnicas a respeito da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). No Brasil, a LGPD (Lei 13.709/, de 14 de agosto de 2018) começou a viger a partir […]

Na terça-feira (17/08) a Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Teófilo Otoni promoveu um café empresarial com empresários associados e convidados para uma explanação e orientações técnicas a respeito da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). No Brasil, a LGPD (Lei 13.709/, de 14 de agosto de 2018) começou a viger a partir do dia 1º de agosto deste ano (2021). As orientações técnicas foram apresentadas através de uma explanação da assessora jurídica da ACE, a advogada Diviany Ledo.

O tema é um dos mais requisitados por empreendedores que, principalmente em função da pandemia, passaram a se fazer mais presentes na internet. Contudo, exatamente por causa da pandemia, o número de pessoas precisou ser reduzido no auditório da instituição; mas a ACE pretende continuar dando divulgação ao tema.

Para a advogada Diviany Ledo, preletora do encontro, as empresas que, em sua presença na internet recolham dados dos seus clientes, e utilizam esses dados em estratégias de marketing, devem ter muito cuidado com o que prevê a nova lei porque as implicações são graves para quem não cumprir todos os critérios técnicos. “Hoje, mais do que saber que a lei existe, os empresários, e mesmo os pequenos empreendedores, devem estar atentos à devida adaptação aos processos previstos. Quem não investir tempo neste momento em se adequar pode ter que investir dinheiro posteriormente em penalidades que certamente virão”, explica a advogada, que está à disposição para ajudar aos empresários a se adequarem.

O presidente da ACE, Ricardo Bastos Peres, embora não tenha podido estar presente ao encontro, deu todo o apoio para a sua realização e já autorizou a Dra. Diviany a implantar todos os processos previstos na nova lei na própria Associação Comercial, para que esteja devidamente adequada à nova legislação. Ricardo se comprometeu a transformar essa pauta em uma nova bandeira da ACE durante esse período de adaptação.

(Fonte: ACE)

Veja outras de nossas publicações